Como ser um piloto de moto profissional?

Como ser um piloto de moto profissional?

Uau sabemos bem que, praticar esportes traz inúmeros benefícios para a uma boa qualidade de vida das pessoas. Levar uma vida esportiva é prazerosa, melhora a condição de saúde e pode trazer uma série de sensações, reações e emoções difíceis de imaginar na mente de quem participa de uma atividade esportiva.

Primeiro é necessário compreender a origem da modalidade, oriunda do motocross, nascido por volta de 1924 na Grã Bretanha. O motocross ganhou popularidade nos anos 50/60 e o freestyle (FMX) ou moto-x surgiu apenas nos anos 90, inicialmente como apresentação e, posteriormente, como modalidade de execução de manobras. Atualmente é um dos esportes radicais que mais evolui em manobras e número de praticantes.

Com a base teórica, o aspirante a “freestyler” evidentemente precisa saber pilotar motos. Caso você ainda não tenha esta habilidade, tudo bem, pois a melhor maneira de iniciar no FMX é pedalando.

Muitos pilotos profissionais começaram suas carreiras com a base do bicicross, modalidade similar ao motocross, porém por meio da propulsão humana: o pedal. O dirtjump de bike é outra ótima maneira para treinar saltos e acostumar-se com o tempo no ar.

Depois de adquirir técnica e o controle das duas rodas, está na hora de experimentar os motores, começando com uma moto de 50 cilindradas. A evolução será graduativa, com treinos em pistas de motocross até o piloto aspirante pegar confiança para acelerar motos mais potentes.

Com o motor mais forte, os saltos serão cada vez mais altos. É importante lembrar o piloto precisa conhecer e respeitar o próprio limite, pois a lei da gravidade não perdoa, quanto mais alto o vôo, pior será a queda.

Outro detalhe importante é a preparação física e o uso de equipamentos apropriados. Saiba que no freestyle motocross, os pilotos utilizam muito os joelhos para absorver o choque dos impactos.

Os braços e os ombros também são muito exigidos, por isso é fundamental realizar um treinamento físico, conciliando com os treinos técnicos específicos, sempre com a ajuda de um profissional da área.

Por último, os equipamentos. É fundamental investir na segurança para começar, como um bom capacete, colete, botas e luvas. Na hora de escolher a motocicleta ideal, de preferência, ao modelo já conhecido e se possível com sistema de amortecimento preparado. Feito de tudo, basta continuar empenhado nos treinamentos e você poderá ser o próximo a disputar o Red Bull X-Fighters.